5 Motivos para você acreditar que está "errando rude" em sua carreira

 

Bônus: 5 empresas capixabas que nos fazem ter orgulho do Espírito Santo

Isis Drumond2

É comum acordarmos cansados na segunda-feira, desejando mais 5 ou 10 minutos de sono profundo. Isso não faz de você um preguiçoso ou procrastinador nato. Entretanto, é importante perceber os sinais de que desculpas têm se mostrado mais frequentes que o normal.

Escolher uma carreira não é tarefa fácil, principalmente quando se tem que fazer isso aos 17 ou 18 anos, sem ao menos conseguir definir sua banda e cores favoritas. Por isso, é imprescindível apontar que erros podem acontecer. Junto a eles, frustrações e desapontamentos tendem a se tornar rotina.

Trabalhamos com o “nunca é tarde”, mas precisamos ser coerentes com “o tempo passa”. Vale lembrar que quanto mais cedo decisões importantes forem tomadas, mais proveito do “We Are The Champions” você pode ter, já dizia Fredzinho.

Isso não quer dizer que todos trabalham nos mesmos prazos, ações e completudes de resultados. 60 anos para uns pode significar o início da vida madura e para outros, o fim da linha. Em contrapartida, 30 é “a idade do sucesso” para uns e o start nas dores musculares e espinhais para outros. É tudo uma questão de perspectiva. Não tente se adequar à realidade alheia. Às vezes, a roupa do defunto é bem maior do que o corpo do herdeiro.

Então, se você ainda está na dúvida se fez a escolha certa ou está empurrando com a barriga mais do que ex jogador de futebol profissional após 15 anos de aposentadoria, chega junto e confira os indicadores.

Atenção: se o resultado estiver ruim, não entre em pânico. Lembre-se sempre do velhinho do KFC, que começou sua carreira efetivamente aos 60 anos e construiu “somente” uma das principais redes de Fast Food do mundo. Mas quer uma dica?! O frango nem é tão bom assim. E já que estamos na era da valorização regional, ao fim do artigo você vai conferir minha lista das 05 empresas capixabas queridinhas e que conquistaram esse coração mineirinho, porém “Canela Verde” desde 1997.

1 – Você respira profundamente toda vez que um chefe, colega de trabalho ou qualquer pessoa da corporação lhe dirige a palavra.

Bom, esse pode ser só um sinal de falta de educação. Mas, partindo do pressuposto que você teve uma educação ímpar e que seus pais, avós ou parentes lhe ensinaram a ser gentil e tolerante com as pessoas, sua irritação matinal pode ser um sinal claro da síndrome do “eu odeio o que eu faço, mas preciso pagar boletos”. Neste caso, lembre-se que, apesar do seu direito de desgostar do ambiente ou da tarefa, você também é responsável pelo bem-estar dos que estão ao seu redor. O ser humano não é uma ilha e como já diziam os Três Mosqueteiros, “um por todos e todos por um”. Vale a pena um esforço para ser simpático.

2 – Você tenta esticar todos os prazos de tarefas e gasta mais tempo no caminho entre sua mesa, a copa do café e o banheiro, do que em seu ofício em si.

Existem pesquisas que apontam para uma produtividade diária bem menor do que o tempo médio de trabalho de um brasileiro comum. Por isso, viva o cantinho do café! Ele pode ser uma ótima arma para recarregar as energias e planejar a execução das próximas atividades. Também é o combustível para os viciados neste líquido preto, de aroma e sabores inconfundíveis. Portanto, chefes, não proíbam a relação de amor verdadeiro entre seus colaboradores e essa especiaria nascida na Etiópia (sim, o café é africano) e espalhada com amor por todo esse mundão.

A dica aqui é entender até que ponto as escapadas não se tornaram uma sabotagem declarada para fugir de responsabilidades que você não se sente apto a fazer. Nessa hora, a conversa clara e objetiva com os superiores é sempre uma opção razoável para apaziguar o clima e reestabelecer metas e ações.

3 – Você sente que se saísse hoje da empresa, não se encaixaria em qualquer outro lugar e que sua relação de dependência com a corporação ultrapassou a pura necessidade de pagar boletos.

“Eu não existo longe de vocêee, e a solidão é o meu pior castigo” (...)

Está valendo dizer isso para o crush, só de mentirinha! Porque você não precisa de tampa nenhuma para fazer sua panela funcionar. Mas, em hipótese alguma, repita isso pensando no seu local de trabalho. Lembre-se, existe vida fora de qualquer empresa. Até do Google, acredite!

Você pode estar se perguntando:

- Mas eu passei a minha vida dedicando amor e responsabilidades para essa empresa, o que vou fazer agora?!

A regra é clara, “Arnaldo”. Nunca deixe de se capacitar, aprimorar habilidades, estudar novas áreas, entender de conhecimento gerais e buscar o novo. Você não é um peso de papel. E assim como, do nada, a empresa pode decidir não precisar mais dos seus serviços, você deve ter o plano B, C e D, sempre.

A empresa vive sem você e, mais do que nunca, você também vive sem a empresa. Vista a camisa com todo o amor, mas não perca o amor próprio ao ser convidado a devolver o uniforme. Você é bem mais do que o cargo que carrega na CLT.

4 – Você não tem sonhos e metas para o seu futuro profissional.

Se você é do bonde do “deixa a vida me levar”, esse indicador é para você.

Se até sua mãe não cansava de repetir “VOCÊ NÃO É TODO MUNDO”, por qual motivo você decidiu imergir na mediocridade da galera do meio da sala que prefere passar despercebida e caminhar para o lado que o vento aponta? A falta de planejamento estratégico de carreira é um dos grandes gargalos originadores de frustrações profissionais.

Tenha metinhas, metas e metonas para todas as fases da vida. Seja o protagonista de sua própria história e encontre a versão que lhe faz bem. Salte os obstáculos e viva tudo, inclusive as consequências de expectativas frustradas. Então, agora, pegue papel e caneta ou o bloco de notas do celular e escreve aí: quem você é hoje?! Quem quer ser amanhã e daqui 10 anos?! Escreveu? Então pode continuar a leitura...

5 – Você perdeu o tesão!

Não, este não é um conteúdo proibido para menores!

É isso mesmo. Tesão. Essa palavra deliciosa de ser pronunciada, principalmente em momentos apimentados com o crush, também deveria ser comum na sua relação com o seu ofício. Imagina que delícia, ligar o computador e pensar: “Aaaaaaah, como é bom responder e-mails, fazer relatórios e dar resultados. Eu sou mesmo a rainha da minha própria existência e a especialista que gera lucro para essa bodega”.

Parece piada, mas certamente o mundo seria mais feliz assim. Qual a fórmula?! Faça o que ama ou aprenda a amar o que faz! Entenda, existem dois tipos significativos de amor: aqueles avassaladores que chegam quebrando tudo e se apresentam como “primeira vista”, e aqueles construídos com o tempo e a vontade indispensável de fazer dar certo. Nos dois casos, o sucesso vem acompanhado de reconhecimento e satisfação.

Entendeu como é fácil saber quando a carreira não vai bem?!

Se você se identificou com mais de um dos indicadores, talvez seja a hora de reprogramar a sua carreira. Seja fazendo mudanças sutis na sua forma de lidar com o ofício ou repensando completamente as suas metas e aspirações profissionais.

O caminho pode não ser linear e fácil. Mas, a vitória, essa sim terá gosto de conquista.

Vitória da Conquista? Bahia? Não, querido. Hoje é dia da outra Vitória...

Uma das melhores capitais litorâneas para se viver é capixaba e fica ao lado da minha queridinha Vila Velha, a Vila mais charmosa do Brasil! Além das praias, belezas e encantos, o Espírito Santo tem uma das veias empreendedoras mais pulsantes do País. Por isso, se você chegou até aqui, lá vão 05 nomes de empresas genuinamente capixabas que estão ganhando o mundo e trazem um orgulho danado para nossos corações.

Wis Educação

Léo Carraretto é um cara que eu admiro. Já fiz vários cursos com eles e tenho ainda mais orgulho da história de construção dessa escola de inovação que vem quebrando barreiras por aí. Voa alto, Léo!

Wis Educação!

PicPay

É isso mesmo... A sua carteira virtual queridinha do Brasil é capixaba e vem sendo considerada uma das melhores empresas para se trabalhar. Tá na pista?! Manda um currículo.

PicPay!

AutoGlass

Com certeza você já ouviu falar nessa belezinha. Vidros e peças automotivas, seguros e muito mais... Sim, capixabíssimos e agora, donos de filiais em quase 100% dos estados brasileiros. Salvo engano, só não estão presentes no Acre. Morro de amores!

AutoGlass Logo!

NuberOne Chicken

Quem ama falar de comidaaaa?! Eu! E se eu disse que o KFC nem é lá grandes coisas, tenho motivos de sobra e uma maionese de bacon que me arranca suspiros. Com menos de 1 ano de funcionamento, essa franquia de frango frito, capixaba, já está espalhada pelo Brasil. Vai um franguinho ai?!

Number One Chicken!

Ricks Burger

Como não falar de você, Chuchu?! O que seria da vida sem katchup de goiabada e sem um gourmet sem frescura?! Além de ser dono de uma história incrível de superação, o Ricks fecha nossa lista de orgulhos capixabas com muito bacon, carne gostosa e gente feliz.

Rick's Burger!

E você? Preparado para dar um basta na realidade desses indicadores em sua vida?!

Quer saber mais sobre este e outros assuntos que podem mudar a sua visão e perspectiva de trabalho?

Preencha o formulário abaixo e vamos juntos!

É rapidinho...
Suas informações estão seguras! Odiamos spam assim como você...

© Copyright Isis Drumond 2019. Todos direitos reservados.